domingo, 6 de novembro de 2011

Afeto (Só os delicados e livres de privatização!)?

arquivo pessoal


Pois que posso ser dele sendo minha
pois que ele pode ser dele sendo meu
pois existo para além de amarras
pois não gosto da palavra "Adeus"\

(onde tudo é breve)

Sigo menina transbordada de Afeto
e repleta de Vida.
cubra meu corpo
de músicas, rendas e fitas

me chama de "bôôôba"
e assim dá vontade de lhe ter mais um dia...





Um comentário: