domingo, 11 de dezembro de 2011

Era uma vez...[da série "microcontos"]

arquivo pessoal (pelo artista plástico Marcos Antunes)

...era uma vez uma menina grande, que de tanto mudar a alma de casa, quase não achou o caminho de volta.
Enfim, ela tropeçou em uma bússola, e viu que seu Norte era ao Sul de si mesma. Correu para o colo vitalício e dormiu com o cansaço de quem, aparentemente, nunca perdera a inocência. Talvez por não ter expectativas, também não esperava que tudo acabasse em um último acorde. Acordou renovada, havia música por toda a parte...de rouxinóis à canções de ninar. Botou seu melhor vestido, e dançou um Tango com a vida...

4 comentários:

  1. Havia um menino maluquinho, mas ele só tinha um astrolábio. Ele deixa à disposição de qualquer menina grande que tenha interesse em ouvir estrelas. Bjks.

    ResponderExcluir
  2. Meu querido amigo, sempre por perto...que bom!

    ResponderExcluir
  3. ....E a menina grande conheceu outra menina grande e as duas perceberam que tinham muito em comum, inclusive suas almas deveriam ter se encontrado em outras vidas, em outras esquinas...E agora, se reencontravam numa sintonia que mais parecia acordes de música clássica misturados com rock pesado.rs rs rs . TE AMO!

    ResponderExcluir
  4. O que somos sem amor, né, Gi? Minha amiga mais que especial!

    ResponderExcluir