quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Tiro de misericórdia.

les larmes

Não foi com um tiro. Mas ela matou. Matou o seu Grande Amor, chorou até fazer lago. Matou para que Ele pudesse Viver. Matou para que Ela pudesse Seguir. E assim, não seriam infelizes para sempre... ainda que não esquecessem. 


2 comentários: