terça-feira, 22 de maio de 2012

"Like a Funny Falling Girl"

funny falling girl


Corpo entregue.
"Te quiero para siempre"
Queda livre.
Vôo cego.
Da pele, o sangue irriga o Novo.
Onde nada brota sem dor.
But... "funny falling girl"... 
(Te quiero, para siempre)
Se atira de trens em movimento.
Faz do tormento o fomento
Da Arte que a salva da queda.
O eterno convite dos abismos.
Abismada. Asas batem na marra.

Claude Debussy

Nenhum comentário:

Postar um comentário