quinta-feira, 24 de maio de 2012

Rito.

recorte do google
Algo carmim, em tramas de rendas vermelhas, um rastro de cauda bailando a cada passo...uma estola marfim há de bloquear o frio junino. Vai ser assim. E levarei, de mais caro, o meu melhor (verdadeiro) sorriso. Só dessa forma fará sentido. Que o Amor possa ser o Sentido dessa Direção a cruzar oceanos...a possibilidade do Amor em (re)construção.  


Chico canta "Gota d'água".

Nenhum comentário:

Postar um comentário