domingo, 22 de julho de 2012

O amigo perfeito (e invisível).

imagem colhida no google


-Gosto de você, Luiz. Sempre me entende, me apoia, me faz avançar. Não deixa eu perder a fé em dias melhores e sempre diz que estou bonita.

-Sabe que te amo muito, né, Maria Rita? Mas já falou sobre isso com seu psicanalista? Você sabe que sou seu amigo imaginário...se um dia você não pensar mais em mim, acabarei por ir embora...acha bom a gente continuar uma relação, assim, tão frágil? O que seu "psico" acha disso?

-Acho perfeito. Meu psicanalista também acha perfeito. Estou bem melhor. Esquizofrenia consciente, sabe?

-Sei...

amigos para sempre...




Nenhum comentário:

Postar um comentário