quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Foco.

arquivo pessoal


Não, não tenho olhos perdidos.
Apenas "abandonados" ao Devir,
Ao Agora, ah, o Agora!...
Despertos ao Presente.
Eu que amo Presentes...
(Enfim, aprendi...)













Nenhum comentário:

Postar um comentário