segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Lua Cheia

um belo achado



De tantas Luas
Nas mais cheias
Fui tua.
Quando tua,
Todas as luas eram cheias
De tão cheias, derramaram
Nossas horas pelo chão
Ah, esse coração malabares
guarda cada segundo nas mãos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário